sábado, outubro 08, 2005

imprescindível escrever...

Há alturas em que tudo acontece e nada sobra para colar em letras.
Assim, como se uma rede ou um turbilhão, uma janela em forma de guilhotina, uma comporta, uma maré viva, uma monção… fizessem gala em vir juntas e impedir-nos de respirar. Paralisando os dias. Sufocando as palavras. Arrastando as ideias para longe demais dos nossos olhos e perto, tão perto, do que nos resta do coração.

Passou por mim um tempo desses… desde a volta da terra onde todas as entradas de casa mostram cores convidativas, onde a manteiga é mais suave e o verde a cor de vida.

Foi o computador de casa que resolveu adoecer e comer informação valiosa;
Pessoas e ausências que não podiam ter ido embora assim, sem aviso, demasiado depressa, sem darem tempo ao tempo de lhes pegar na mão e agradecer terem sido quem foram;
Horas e corridas nas azafamas tolas dos dias todos iguais e convencidos das prioridades antigas e assumidas como se únicas, inabaláveis… subitamente postas em causa.
Instantes em que tudo se leva à beirinha de um abismo de perguntas, de respostas simples, de dúvidas novas…

Aconteceram-me daqueles momentos certos em que, não havendo tempo para mais nada que o urgente das coisas inevitáveis, me vi seca e sem voz.
Precisava escrever e não tinha esta máquina que transporta o trautear do bater dos dedos para as frases que nos contam… quase pareço não saber escrever sem este teclado, esta coisa chamada computador, este canto da casa onde só de mim ouço e a todos posso ler…

Voltei.
E foi depois de escrever sobre a escrita que aqui consegui vir.
Encontrar-vos!
Procurar saber como estão!
*

17 Comments:

Blogger Farkas said...

- Saber que está de volta, vai ser, é já uma grande festa!

12:50 da manhã, outubro 09, 2005  
Blogger Eduardo said...

Voltou para saber que quem gosta de a ler soube esperar pacientemente o seu regresso. Afinal nem aquela forma de guilhotina, ou de comporta ou de rede a aprisionaram ou secaram a voz. Volta com a mesma escrita límpida e comunicativa que a caracterizam. Saúdo o seu regresso. Bom dia!
P.S. Já tenho o filme de Lelouch que me recomendou...

10:36 da manhã, outubro 09, 2005  
Blogger hfm said...

Neste momento bem melhor ao dar pelo teu retorno.

Sei dos momentos que falas e dos silêncios; felizmente sobram as palavras.

Um abraço

11:55 da manhã, outubro 09, 2005  
Blogger Eduardo said...

Volto aqui para rectificar um erro de concordância verbal no comentário que lhe deixei hoje: escrevi "caracterizam" e queria escrever "caracteriza" (escrita límpida e comunicativa que a caracteriza). Peço desculpa, mas acontece...não revi de imediato e devia tê-lo feito.

12:06 da tarde, outubro 09, 2005  
Blogger C.S.A. said...

E também aqui estou, Maria, para ouvir respirar estas palavras assim, estes caminhos amigos, de afecto, de partilha... ob-ligado inabalável pelo reencontro, bom, de quem assim se escreve.

3:16 da tarde, outubro 09, 2005  
Blogger Dumb said...

Até que enfim :D

3:37 da tarde, outubro 09, 2005  
Blogger doidices said...

Um abraço "minha" Maria. Ontem estive na tua terra, na tua faculdade e senti o teu cheiro. Guardei-o.

Doido

5:06 da tarde, outubro 09, 2005  
Blogger Pinto Ribeiro said...

ainda bem ke voltaste.

5:41 da tarde, outubro 09, 2005  
Blogger peciscas said...

Por falar em entradas de casas:


soportas

5:56 da tarde, outubro 09, 2005  
Blogger mfc said...

Estou bem... e apesar dessas contrariedades também estás de regresso.
É bom saber-te aí, fazes parte desta família.
Um beijo grande.

10:14 da tarde, outubro 09, 2005  
Blogger Mendes Ferreira said...

boa...olá....finalmente...já era tempo.agora sim...seja bem vinda...!abraço.

2:27 da tarde, outubro 10, 2005  
Blogger Cadelinha Lésse said...

Agora que regressaste, estamos todos bem. E sabemos que estás aí e sei que estás onde deves estar, ao lado quem também te precisa sem ser escrita. Cãofuso? Não...

Xuacs

4:12 da tarde, outubro 10, 2005  
Blogger smartins said...

E como valeu a pena esperar!
Este texto está o máximo.

6:12 da tarde, outubro 10, 2005  
Blogger cbs said...

Bem vinda de novo ao Espaço.

11:02 da manhã, outubro 11, 2005  
Blogger paulo said...

A tua volta faz-me sentir os sintomas da Sindrome da Pensão Algarvia: Welcome, Bienvenus, Benvenidos, Wilkömen!

3:12 da tarde, outubro 11, 2005  
Blogger Mem Gimel said...

Ola Maria

Bem vinda. Desaparecer assim tão repentinamente deixou uma certa preocupação.

Que as ninfas te inundem de inspiração e que Hermes te traga sempre a ideia clara.

11:20 da manhã, outubro 12, 2005  
Blogger maresia said...

o bloco, o bloco que deve andar sempre connosco... não projectamos em tempo-real no mundo, mas descarregamos a palavra para que fique lá guardada até ao dia de ser feita, onlinamente falando, livre!

9:53 da tarde, outubro 12, 2005  

Enviar um comentário

<< Home